Em outra atuação ruim, Corinthians perde de virada para o Cruzeiro

Partida entre Corinthians x Cruzeiro, realizado esta noite na Arena Corinthians, jogo valido pela 27a. rodada do Campeonato Brasileiro 2019. Juiz: Bruno Arleu Araujo - São Paulo/SP/Brasil - 19/10/2019. Foto: ©Rodrigo Gazzanel / Ag. Corinthians

Jogando em casa, Corinthians sai na frente e perde de virada para o Cruzeiro por 2 a 1. Mesmo com a derrota, o time continua na 4ª posição com 44 pontos, mas pode cair para sexto lugar, caso adversários vençam na rodada. A derrota, primeira em casa na competição, corrobora para uma sequência de cinco jogos sem vencer no Brasileirão, com três empates e duas derrotas. Já a vitória do Cruzeiro tira, momentaneamente, o time da zona do rebaixamento na 16ª posição com 28 pontos. Apenas as vitórias de Ceará e CSA podem colocar o time de volta para o Z4. 

O jogo era equilibrado com uma ou outra chance a mais para o Cruzeiro, mas foi o Corinthians que abriu o placar com Fagner, aos 33 minutos do primeiro tempo. Após cruzamento de Danilo Avelar e disputa no alto de cabeça, a bola sobrou para o lateral chutar cruzado, sem chances para Fábio. O empate do Cruzeiro não demorou a sair. Em cruzamento na área, Marquinhos Gabriel cabeceia a bola e bate na mão de Bruno Méndez, juiz teve que ir ao VAR para confirmar a penalidade. Fred bateu e, aos 37 minutos, empatou a partida. 

Na volta do intervalo, o Corinthians apresentou mais ímpeto diante do Cruzeiro, obrigando Fábio a fazer boas defesas nos primeiros minutos. O jogo seguia morno e ruim por parte das duas equipes. Quando, aos 25 minutos do segundo tempo, um bola tocada por Fágner para trás, sobrou nos pés do cruzeirense, Éderson. O jogador voltava de um lance na defesa do Corinthians e estava sozinho quando recebeu o passe, como a bola veio do jogador do Corinthians, não configura impedimento. A  polêmica aconteceu porque o bandeira assinalou impedimento, mas o árbitro viu, corretamente, que a bola veio do jogador do Corinthians e mandou o lance seguir, Éderson aproveitou que estava só e passou fácil por Walter para fazer o segundo gol da raposa. Os jogadores do Corinthians reclamaram bastante com o árbitro, alegando que tinham parado no lance. No entanto, só quando o árbitro apita que um lance pode ser interrompido, o que não houve. O técnico Fábio Carille reclamou muito e levou cartão amarelo e vermelho, na sequência, e foi expulso da partida. 

Com a vantagem no placar, o Cruzeiro administrou bem a partida e foi segurando o jogo na defesa, explorando pouco o ataque. Vendo a obrigação de buscar ao menos o empate, o Corinthians foi pra cima. Mas a velha falta de criatividade e boas jogadas ofensivas impediram o clube de ter chances claras de gol. Com a derrota, os 31.882 torcedores que foram ao jogo viram mais uma atuação fraca da equipe. 

O próximo jogo do Corinthians no campeonato será o clássico contra o Santos. O confronto pela 28ª rodada acontece no próximo sábado, 26/10, na arena, às 17h de Brasília. O Cruzeiro joga em casa contra o Fortaleza, também no sábado às 21h de Brasília. Apesar de poder contar com Cássio, Gil e Manoel de volta a equipe, Fagner e Bruno Mendéz estão suspensos pelo terceiro amarelo, e o técnico Fábio Carille, por ter sido expulso, não comanda a equipe do banco de reservas.